Crypto Bot

quarta-feira, 1 de abril de 2015

SAUDAÇÕES



BREMEN = BOM DIA
ILAREMEN, IAKUTMEN = BOA TARDE
TATAREMEN = BOA NOITE
TATAREMER = COMO VAI?
GONENGO = BOM, BEM
KRIKRI = BOA
IRÚM = MAL
GONIMEN = PRAZER
GUTIMEN = ADEUS
PROXIKIMEN =LICENÇA
AMBERA = ATÉ LOGO, ATÉ MAIS
AMBEMEN = ATÉ AMANHÃ
BRENDI-POO = OBRIGADO
INTXURÉ = DESCULPE
INPYÁ = de nada

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Tupi-guarani

Cumprimentos indígenas:

É claro que nossos povos originais se cumprimentavam. Mas não havia a maneira utilizada pelos “ditos”civilizados. Porém quando todos os brasileiros (até os afrodescendentes e portugueses) passaram a falar tupi, é claro que a língua passou a possuir frases de saudações. Isso seria um tema interessante para pesquisas, já o tupí antigo era, menos que uma língua escrita, um idioma oral. Muita coisa deve ter se perdido com o tempo. Constitui-se num desafio resgat-las, mesmo se formos nos basear em ditos antigos de nossos avós ou nos modernismos do nheengatu. Mas do tupi antigo temos algumas frases interessantes e conhecidas:

Ereîurype? = vieste?; Pa, aîu = sim, vim. (o cumprimento mais primitivo e mais comum da língua e
ainda usado em nações que falam dialetos tupis).

Xe rorybeté, estou muito feliz;
Toryba suí apopor, dou pulos de alegria;
Xe py’á-pe nde pora, moras no meu coração (sic);
Apixib’etá!, carinhos!;
Eneko’ema, bom dia;
Enekaruka, boa tarde;
Enepituna, boa noite;
Anhemoasyeté, sinto muito;
Renhe’engakûaab karainhe’enga?, você fala português?;
Auîebé!, muito bem!;
Auîebeté ndebe, muito obrigado;
Tereikó poreng!, passe bem!;
Marãpe nde rera?, qual é teu nome?
Abape ndé?, quem é você?
Abape pe’ë?, quem são vocês?;
Anhe’eng karainhe’enga rupi, falo em português;
Eînhe’eng nhe’engatu rupi, fale em nheengatu.

Outras palavras interessantes que podem ser utilizadas
como respostas em cumprimentos:

Koriîé, hoje mesmo;
Oîrandé, amanhã mesmo;
Kori koeme, amanhã de manhã;
Kori karúkeme, heje à tarde;
Kori pitúnyme, hoje à noite;
Koamutu (madrugada); koamutume, de madrugada;
Ko’ema (manhã); ko’eme, de manhã;
Pituna (noite); pitúnyme, de noite;
Karuka (tarde); karukyme, de tarde;
Kûésé, ontem;
Oîeí, hoje;
Koýr, agora;
Kori, logo mais.

Îypûéra, (Paragûasu suí, Pindoretãme).

ORAÇÃO DO SOL









"Ó Grande Espírito, cuja voz ouço nos ventos
e cujo alento dá vida a todo mundo, ouve-me!
Sou pequeno e fraco, necessito de tua força e sabedoria.
Deixa-me andar em beleza e faz com que meus olhos
possam sempre contemplar o vermelho e o púrpura do pôr-do-sol.
Faz com que minhas mãos respeitem tudo o que fizeste
e que meus ouvidos sejam aguçados para ouvir a tua voz.
Faz-me sábio para que eu possa compreender
as coisas que ensinaste ao meu povo.
Deixa-me aprender as lições que escondeste
em cada folha, em cada rocha.
Busco força, não para ser maior do que meu irmão,
mas para lutar contra meu maior inimigo - eu mesmo.
Faz-me sempre pronto para chegar a Ti com as mãos limpas
e o olhar firme a fim de que,
quando a vida apagar como se apaga o poente,
meu espírito possas estar contigo sem se envergonhar."

fonte: